Notícias

Sidney Ferreira é contrário ao parcelamento da dívida do município com o Previfor

O projeto foi aprovado em reunião extraordinária

O Projeto de Lei 262/19 foi aprovado por 7 a 1, com Sidney Ferreira votando contra

          Na manhã de quarta-feira, dia 6, a Câmara Municipal de Formiga se reuniu em caráter extraordinário. A sessão, convocada pelo prefeito Eugênio Vilela/PP, teve como objetivo a apreciação de dois projetos de lei, tendo sido ambos aprovados.

          A primeira proposta, de número 261/19, foi aprovada por unanimidade. Ela autoriza o Poder Executivo a abrir, no orçamento vigente, crédito especial no valor de R$ 694.281,17, para amortização da dívida junto ao BDMG, conforme Lei 5.361/2018. O recurso obtido junto ao banco é para a construção de duas Unidades Básicas de Saúde e um Centro de Atenção Psicossocial. O vereador Sidney Ferreira fez questão de realçar que a Prefeitura de formiga está começando a pagar uma obra que nem começou a executar e que falta planejamento e prioridades nesta gestão. “O povo tem clamado não é por prédios públicos e sim por atendimento”, disse.

          O outro projeto, o 262/19, autoriza o parcelamento em 60 prestações mensais dos débitos oriundos das contribuições previdenciárias patronais devidas e não repassadas pelo Município de Formiga ao Regime Próprio de Previdência Social, das competências dezembro e décimo terceiro de 2018. O resultado da votação foi 7 a 1, sendo o voto contrário do vereador Sidney Ferreira/PDT. Sidney Ferreira afirmou que é contrário pois defende a aposentadoria dos trabalhadores. “Eu tenho certeza que existe outra maneira de pagar esta dívida. Não podemos comprometer a aposentadoria de muita gente que ganha apenas salário mínimo. Eu voto de acordo com minha consciência”, afirma.

1ª discussão do Projeto 262/2019

2 Discussão do Projeto 262/2019

Textos relacionados