Notícias

Jorge Zaidam lança livro sobre história do Tiro de Guerra de Formiga

Sentinelas Formiguenses relata ainda a história do Serviço Militar em Formiga desde o Brasil Colônia

           No dia 23 de outubro, o formiguense Jorge Zaidam Viana de Oliveira, que foi instrutor do TG por mais de dez anos e delegado Serviço Militar por outros 10, lançou o livro “Sentinelas Formiguenses – História do Tiro de Guerra de Formiga.

            Em 472 páginas, esse ilustre formiguense narra a caminhada do tiro de guerra em Formiga no período de 1917 até 2017. Ele relata ainda como era Serviço Militar no Brasil desde o Brasil Colônia até os dias de hoje.

           O livro ainda traz personalidades que fizeram a história do TG, os atiradores que participaram da 2ª Guerra, e ainda retratar a galeria dos ex-instrutores e as rainhas e princesas do TG nas décadas de 50 e 60.  Está registrado no livro o nome de todos os atiradores que passaram pelo TG separados por turma de instrução desde 1934.

           Interessados em adquirir o livro entre em contato com o autor pelo número 037 999880630 ou pelo email jorgezaidam@hotmail.com.     

Jorge Zaidam Viana de Oliveira

                Nascido em Formiga-MG, aos 10 de novembro de 1955, é filho do funcionário da Prefeitura José de Oliveira, o popular Zezinho, e de Alvarina Viana de Oliveira, ambos já falecidos. Mais velho de oito irmãos, estudou nas Escolas Estaduais Rodolfo Almeida, Joaquim Rodarte e Jalcira Santos Valadão, todas de Formiga. É casado com a Professora Elizabeth Rocha de Carvalho de Oliveira, com quem teve três filhos, além de ter adotado dois sobrinhos.

          Ingressou no Exército Brasileiro, em 1974  como Soldado no 11º Batalhão de Infantaria de Montanha, em São João Del Rei. De lá, ingressou na Escola de Sargentos das Armas através concurso público. Serviu em várias unidades do Exército nas cidades do Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Três Corações. Na capital mineira integrou a 4ª Companhia de Polícia do Exército, onde foi Comandante do Pelotão de Trânsito daquela Organização Militar. Foi instrutor e comandante do Tiro de Guerra 04-030 de Formiga por cerca de 10 anos e Delegado de Serviço Militar de Formiga por igual período, perfazendo um total de 20 anos servindo ao Exército na cidade das Areias Brancas. No TG 04-030 formou 1800 Reservistas.

          Passou por todas as graduações e postos do Exército, de Soldado a Capitão, seu último posto na ativa. Após 35 anos e dois meses de serviço ativo, passou para a reserva remunerada do Exército no dia 31 de agosto de 2010, quando servia no 12º Batalhão de Infantaria, novamente em Belo Horizonte. Possui várias condecorações outorgadas pelas Forças Armadas, com destaque para a Medalha Militar de Ouro e para a Medalha do Pacificador, a maior comenda que o Exército outorga a um militar. Possui vários cursos de especialização e de extensão militares.

          No campo acadêmico é licenciado em História e em Geografia, é Bacharel em Turismo e pós-graduado em História do Brasil e Metodologia do Ensino Superior, todos pelo UNIFOR-MG, e Meio Ambiente e Ecoturismo, pela Universidade Federal de Lavras – UFLA. Foi professor das disciplinas Meio Ambiente e Planejamento Estratégico no UNIFOR-MG, onde também foi coordenador do Curso de Turismo.

          Atualmente é membro das três lojas maçônicas formiguenses: Ciência e Virtude, Fraternidade Acadêmica Irmão Otaíde Feltrim e Labor a Deus, sendo nesta última, membro honorário. É membro do Conselho da Fundação Educacional de Formiga, mantenedora do UNIFOR-MG. É conselheiro deliberativo do CONSEP – Conselho Comunitário de Segurança Pública, função que exerce sem remuneração. É detentor da cadeira de nº 10 da Academia Formiguense de Letras, tendo trabalhos escritos em todos os livros daquela Academia já editados até a presente data. Está em fase de conclusão seu livro sobre a história do Serviço Militar em Formiga, que relatará informações sobre o tema desde o início do século passado.

Textos relacionados