Notícias

Câmara Aprova Mais R$360 mil para a Santa Casa

Vereador Sidney Ferreira exige transparência e que o dinheiro seja gasto efetivamente na saúde da população

De acordo com o edil, o projeto foi votado em caráter de urgência para que a falta de recursos não seja motivo do não atendimento.

          Na reunião ordinária desta segunda-feira, 04 de junho, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei 174/2017 que destina mais R$ 360 mil para a Santa Casa afim de que se promovam ações de saúde de apoio na assistência em urgência e emergência dos usuários do Sistema Único de Saúde.  O valor será repassado em parcelas iguais de R$ 30 mil.

          O vereador Sidney Ferreira, que proferiu seu voto favorável, reafirmou seu compromisso com a saúde dos formiguenses e para com a Santa Casa, que é de grande utilidade para o município, mas exige mais transparência tanto por parte do prefeito, quanto por parte da Santa Casa quanto à utilização desses recursos. "Mais R$ 30 mil mensais serão repassados, porém, como todo cidadão, eu que já fui provedor da Santa Casa, sei que quando as pessoas procuram a Santa Casa, estão realmente necessitando de um atendimento, estão fragilizados física e emocionalmente e já estão cansadas de ouvir dizer a Prefeitura está passando milhões de reais para a Santa Casa e quando chega lá não tem atendimento", afirma.

          Como vereador, exigiu que a Secretaria de Saúde informe a quantidade de atendimentos que estão sendo realizados com esses 30 mil reais. " Não existe prestação de contas, nem por parte da prefeitura nem por parte da Santa Casa. Eu quero a lista de procedimentos que ainda existem disponíveis. Quem controla isso? A regulação da Secretaria Municipal de Saúde não está funcionando", afirma.

           De acordo com o edil, o projeto foi votado em caráter de urgência para que a falta de recursos não seja motivo do não atendimento. "O que nós queremos é transparência e que esses recursos sejam bem utilizados! Que a Santa Casa preste o serviço e que o Prefeito cuide para que os R$ 30 mil sejam gastos na saúde da população", finaliza.

Textos relacionados