Notícias

Aprovados mais de R$ 200 mil para investimentos no CAPS

Sidney Ferreira quer recursos utilizados de acordo com as necessidades dos pacientes e vai acompanhar de perto

           Na reunião desta segunda-feira, 28 de maio, foi aprovado o Projeto de Lei que autoriza o Município de Formiga a abrir crédito especial no orçamento vigente, no valor de R$ 213.600,00 (duzentos e treze mil e seiscentos reais), sendo os recursos oriundos de emendas parlamentares, que permitirão a aquisição de equipamentos e material permanente para o Centro de Atenção Psicossocial – CAPS;

            O vereador Sidney Ferreira foi favorável e sugeriu ao Executivo que utilize esse recurso na compra de mobiliários para o Centro de convivência do CAPS, que talvez seja hoje, a prioridade dos mais de 7 mil usuários.  “Esses recursos estão vindos em uma hora oportuna. Vou acompanhar de perto para que estes recursos sejam utilizados de acordo com as necessidades dos pacientes”, afirma.

            Na oportunidade, questionou sobra a falta de profissionais médicos para o atendimento, a falta dos lanches para os pacientes, a falta de medicamentos para pacientes em crise. 

            O edil solicitou ainda, relatório contendo toda a movimentação financeira e orçamentária do CAPS, a partir de janeiro de 2017 até o período atual. Solicito ainda, que as receitas sejam detalhadas por tipo (se é ordinária ou se é recurso de outro ente de Federação), inclusive, no caso de recursos federais e estaduais, solicito cópias dos referidos convênios. Quanto às despesas, que as mesmas também sejam detalhadas, informando qual fonte de recursos foi utilizada. 

Necessidades do CAPS

  • Psiquiatra – é necessário no mínimo 2 (dois) profissionais e atualmente apenas 1(um)  profissional faz o atendimento:
    •    Terça, Quarta e Quinta-feira não têm atendimento.
    •    Segunda e Sexta feira somente no período da manhã             
  •  Implantação Centro de Convivência
    • É o ponto mais importante para os pacientes
    • Volta do lanche para os pacientes do CAPS
  • Regularização da distribuição de medicamentos para os pacientes do CAPS
    • Bupropiona:  É indicado no tratamento de doenças depressivas ou na prevenção de recaídas e recorrências de episódios depressivos após resposta inicial satisfatória.
  • Imipramina: Adultos: Todas as formas de depressão, incluindo-se as formas endógenas, as orgânicas e as psicogênicas e a depressão, associada com distúrbios de personalidade ou com alcoolismocrônico.; Trantorno do Pânico; condições dolorosas crônicas. Crianças e adolescentes: Enurese noturna (apenas em pacientes acima de 5 anos de idade, onde terapias alternativas não são consideradas apropriadas, e somente se as causas orgânicas tiverem sido excluídas).
  • AmitriptilinaÉ um antidepressivo tricíclico com funções ansiolítica (controle da ansiedade) e calmante. Ele regula as substâncias em desequilíbrio do cérebro, portanto, serve para o tratamento da depressão, enurese noturna (urinar enquanto dorme), enxaqueca, cefaléia, antidepressivo da esquizofrenia e casos de ansiedade generalizada.
  • Nortriptilina: Também conhecido pelo nome comercial PAMELOR, é um medicamento antidepressivo tricíclico que Inibe a ação dos neurotransmissores Histamina, Serotonina e Acetilcolina. Suas principais indicações são para tratar depressão, sendo que dos tricíclicos este é o mais recomendável para os idosos. Possui ainda boa eficácia para bloquear as crises de pânico, para inibir a enurese noturna
  • Diazepan: É indicado para alívio sintomático da ansiedade, tensão e outras queixas somáticas ou psicológicas associadas com a síndrome da ansiedade. Pode também ser útil como coadjuvante no tratamento da ansiedade ou agitação associada a desordens psiquiátricas. Pode ser igualmente usado no tratamento da espasticidade devida a lesão dos interneurônios espinhais e supra espinhais tal como ocorre na paralisia cerebral e paraplegia, assim como na atetose e na síndrome rígida. Indicados apenas para desordens intensas, desabilitantes ou para dores extremas.
  • Cromoprazina: Indicado na neuropsiquiatria em quadros psiquiátricos agudos, controle de psicoses de longa evolução; Indicado em clínica geral namanifestação de ansiedade e agitação, soluços incoercíveis, náuseas e vômitos e neurotoxicoses infantis; também pode ser associado aos barbitúricos no tratamento do tétano; Indicado na obstetrícia para analgesia obstétrica e no tratamento da eclampsia. Também é indicado nos casos em que haja necessidade de uma ação neuroléptica, vagolítica, simpatolítica, sedativa ou antiemética

Textos relacionados