Câmara

Marcelo Correia

31/01/1971 a 24/01/1972

            Nascido aos 18 de dezembro de 1941 na cidade de Formiga %u2013 MG, e filho de João Corrêa Costa e Celida Terra Corrêa, Marcelo Corrêa Costa é de uma família de seis filhos.

            Aos 14 anos de idade, Marcelo Corrêa começou a trabalhar na empresa de seu pai, a "Casa Auxiliadora", que foi fundada no ano de seu nascimento, 1941. A empresa trabalhava na época com armarinhos, ferragens e tecidos, era uma empresa pequena, mas com grandes expectativas de crescimento.

            Em outubro de 1962, seu pai, João Corrêa encerrou suas atividades comerciais e com grande satisfação viu seu filho Marcelo Corrêa dar continuidade ao seu ideal, assumindo a empresa e mantendo o mesmo nome "Casa Auxiliadora". Posteriormente a empresa teve sua sede transferida da rua Silviano Brandão para a Praça Ferreira Pires, numa loja ampla e sofisticada.

            Tendo seu pai sido político, Marcelo abraçou também a política com idealismo e foi eleito o segundo vereador mais votado em sua eleição, assumindo então a presidência da Câmara de Vereadores de Formiga em 1971.

            Como Presidente da Câmara realizou vários projetos tais como: implantação do Distrito Industrial com estrutura para recebimento de uma fábrica de cimento no município; apoio a micros e pequenas empresas, e ainda incentivo às indústrias de calcário, cal e fertilizantes para solo. Também realizou implantação do Plano Diretor e tantos outros projetos que beneficiaram o município e toda a sociedade no seu desenvolvimento econômico e social.

            Marcelo Corrêa foi presidente do Lions Clube de Formiga, onde prestou relevantes serviços à comunidade. Sempre voltado a seus ideais e principalmente à religião, participou de vários eventos religiosos e comunitários, entre eles o primeiro Cursilho de Cristandade em 1972 e também colaborou para realização de mais 08 cursilhos na cidade de Formiga.

            Em 1979, com seu perfil moderno e arrojado, Marcelo Corrêa adquiriu seu 1º avião e o Certificado de Piloto Privado "BREVE". Além de eficiente e rápido meio de transporte, o avião se tornou imprescindível ao empresário, sendo que a aviação passou a fazer parte de sua vida não só como meio de transporte, mas também como hobby.

            Marcelo Corrêa também participou como membro da diretoria da AREMACO "Associação dos Revendedores de Materiais de Construção de Minas Gerais" no período de 1985 a 1991.

            Novos ideais foram surgindo, grandes modificações, novos objetivos e em 1985, Marcelo Corrêa, conhecendo o potencial econômico da região sul mineira, construiu uma grande loja, moderna, totalmente informatizada, independente e com grandes perspectivas para o futuro, na cidade de Varginha.